Nesse domingo, nossa família já tinha crescido um pouquinho.  Èramos 5 voluntários (Simone, Jessica, Ana Paula, Roberta e Andrea), 3 motoristas (Zezinho, Rafael e Bruno) e 1 microempreendedor (Lucas da Deguste Cozinha Rio), envolvidos nesta ação.

Distribuímos 400 refeições e cerca de 300 garrafas de água nos bairros do Catete, Laranjeiras, Glória, Flamengo e Botafogo.

 

Aqui vou fazer uma pausa pra te explicar a estrutura das nossas ações:

Como vocês já sabem, a nossa idéia é ajudar profissionais autonômos e pessoas em situação de vulnerabilidade. Para isso, vamos em carros de motoristas de aplicativo e taxistas, fazer a distribuição das refeições e doações. Esses motoristas são conhecidos nossos.

Essa estrutura foi pensada pela idealizadora da campanha para também proteger mais as pessoas nas ações contra o covid 19.

A idéia é que o voluntário se desloque o mínimo possível do bairro onde mora. A medida que as pessoas entram em contato se disponibilizando para ir as ruas fazer a ação, é montada a estrutura: oferecemos o carro, o motorista, as doações e o voluntário faz a ação no bairro que mora. Isso é válido para zona sul e alguns bairros da zona norte nesse momento.

Se por ventura em algum bairro já estivermos atuando, já tivermos esgotado as vagas nos carros e houver vaga em outro no carro que vá para outro bairro, essa pessoa pode escolher se deseja atuar em outra região, se não fica na fila de espera.

Nesse momento, estávamos começando a entender as necessidades de cada bairro e perceber como essas pessoas estavam precisando agora mais do que nunca de ajuda. Era a nossa terceira ação seguida e a sensação era de que estava tudo piorando: o número de pessoas nas ruas e as necessidades delas.

Deixe seu comentário